Cotaçao da Bolsa

PSI 20 5.721,630 -56,570 -0.98%     DAX Xetra 5.967,200 +52,360 +0,890%     IBEX 35 8.975,500 +32,000 +0,360%     FTSE 100 5.466,360 +62,980 +1,170%     Dow Jones Industrial Average 11.644,490 +166,360 +1,450%     NASDAQ-100 (DRM) 2.371,940 +45,060 +1,940%     S&P 500 INDEX 1.224,580 +20,920 +1,740%     S&P 500 INDEX 1.224,580 +20,920 +1,740%     MIB 30 0,000 N/A N/A     NIKKEI 225 8.747,960 -75,290 -0.85%     Hang Seng Index 18.501,789 -256,021 -1.36%     DJ Euro Stoxx 50 2.355,480 +22,960 +0,980%     BOVESPA 55.030,449 +429,380 +0,790%     AEX 302,410 +5,020 +1,690%     All Ordinaries Index 4.269,000 -37,000 -0.86%     AMEX 555,949 +16,609 +3,080%     BEL20 2.203,040 +22,810 +1,050%     IPC 34.848,422 +263,672 +0,760%     Refresh a cada 5 minutos...

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Expansão do milho desafia a demanda

Porém, o quadro tende a se alterar nos próximos meses. Há dois fortes motivos para isso: o aumento da produção brasileira de milho (verão e inverno) e a possibilidade de os Estados Unidos ampliarem a colheita tanto do cereal quanto da soja em 2012/13, depois de um ano de quebra.

O tema foi discutido pela Expedição Safra em reunião com produtores de Nova Santa Rosa (comunidade do Sudoeste do Piauí). A região planta milho para atender ao mercado regional, mas nem por isso está livre da interferência externa. Se houver sobra do cereal na Argentina, o preço do produto tende a cair no Centro-Norte brasileiro. O milho argentino pode chegar aos mercados consumidores do Nordeste mais barato que o mato-grossense, pelo fato de os custos do transporte marítimo serem menores. “Temos de nos preocupar com o milho argentino, não com o brasileiro”, disse o produtor Cezar Marafon, de Bom Jesus (PI).

Safra cheia

A elevação da produção de soja na América do Sul é outro prenúncio de que os estoques tendem a se recuperar. Será ne­­cessário que a demanda mundial continue em alta para que a corrida por aumento na produção mantenha seu ritmo. A Ex­­pedição Safra prevê que a safra brasileira da oleaginosa será uma das maiores da história, chegando a 74,7 milhões de toneladas. O milho, por sua vez, tende a atingir 61 milhões de toneladas (verão e inverno). 


Por Portal do Agronegócio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

8pt; text-decoration: none">