Cotaçao da Bolsa

PSI 20 5.721,630 -56,570 -0.98%     DAX Xetra 5.967,200 +52,360 +0,890%     IBEX 35 8.975,500 +32,000 +0,360%     FTSE 100 5.466,360 +62,980 +1,170%     Dow Jones Industrial Average 11.644,490 +166,360 +1,450%     NASDAQ-100 (DRM) 2.371,940 +45,060 +1,940%     S&P 500 INDEX 1.224,580 +20,920 +1,740%     S&P 500 INDEX 1.224,580 +20,920 +1,740%     MIB 30 0,000 N/A N/A     NIKKEI 225 8.747,960 -75,290 -0.85%     Hang Seng Index 18.501,789 -256,021 -1.36%     DJ Euro Stoxx 50 2.355,480 +22,960 +0,980%     BOVESPA 55.030,449 +429,380 +0,790%     AEX 302,410 +5,020 +1,690%     All Ordinaries Index 4.269,000 -37,000 -0.86%     AMEX 555,949 +16,609 +3,080%     BEL20 2.203,040 +22,810 +1,050%     IPC 34.848,422 +263,672 +0,760%     Refresh a cada 5 minutos...

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Uso adequado da irrigação pode garantir aumento de produtividade




Uso adequado da irrigação pode garantir aumento de produtividade
As condições climáticas favoráveis foram um dos fatores que ajudaram a tornar o Paraná um dos líderes na produção de alimentos no Brasil. Alta incidência de chuva, temperatura elevada durante o dia e amena durante a noite são características que favoreceram o bom desenvolvimento da agricultura no Estado. Porém, mesmo com essas vantagens meteorológicas, algumas culturas, como a de frutas, verduras e legumes, ainda não dispensam o uso do bom e velho sistema de irrigação. Presente em pouco mais de 1% da área agricultável do Paraná, esse tipo de manejo tem garantido uma produção de qualidade e bom retorno financeiro para muitos agricultores. 

De acordo com dados do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), o Paraná possui mais de 50 mil produtores de hortaliças que utilizam esse sistema. Só na região de Londrina, segundo maior polo de produção do Estado, são cerca de 700 agricultores que fazem da irrigação uma ferramenta para ampliar a quantidade e a qualidade dos produtos. Nilson Ladeia Carvalho, especialista em irrigação do Emater de Londrina, afirma que o processo para alguns segmentos é obrigatório, mas requer uma série de cuidados. ''Irrigar não é só jogar água, tudo depende de planejamento''.

Carvalho explica que antes de implantar a olericultura, por exemplo, o produtor deve verificar se a quantidade de água disponível em sua propriedade é o suficiente para atender toda a área. ''Sem água não há negócio'', frisa. O especialista recomenda que as plantações sejam próximas de reservatórios de boa qualidade, principalmente lagoas e afluentes de rios. ''Em grandes corredeiras, por exemplo, não se recomenda a captação água, já que a probabilidade de que esses locais estejam contaminados é muito grande''. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

8pt; text-decoration: none">