Cotação

sexta-feira, 2 de março de 2012

Agropecuário

Exportação de carne bovina do Paraguai cai 28% em janeiro

Por Portal DBO

País aposta no aumento da demanda do Brasil e da Rússia para se recuperar. O surto de febre aftosa em duas propriedades localizadas no departamento de San Pedro, no norte do Paraguai, em setembro de 2011 e em janeiro de 2012, afetaou o desempenho das exportações do país. De acordo com o relatório do Centro de Análise e Difusão da Economia Paraguaia (CADEP), em janeiro de 2012, o total das exportações de carne bovina chegou a 49 milhões, um declínio de 28% em relação ao que foi exportado em janeiro de 2011.

Entre os compradores apenas Brasil e Hong kong aumentaram a demanda. No ano passado Chile e Rússia foram os principais mercados para a carne paraguaia, mas o país sul-americano parou de comprar quando a doença foi detectada. Israel, Venezuela e Angola também reduziram as compras. O relatório aponta para uma expectativa de recuperação no setor baseado na demanda russa e brasileira.

A doença foi um duro golpe para um setor que cresceu fortemente nos últimos anos, para posicionar o país entre os 10 maiores exportadores de carne bovina em 2010. Em 2011 as exportações caíram para US$ 762 milhões, depois de um recorde de US$ 936 milhões registrados em 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

8pt; text-decoration: none">