Cotaçao da Bolsa

PSI 20 5.721,630 -56,570 -0.98%     DAX Xetra 5.967,200 +52,360 +0,890%     IBEX 35 8.975,500 +32,000 +0,360%     FTSE 100 5.466,360 +62,980 +1,170%     Dow Jones Industrial Average 11.644,490 +166,360 +1,450%     NASDAQ-100 (DRM) 2.371,940 +45,060 +1,940%     S&P 500 INDEX 1.224,580 +20,920 +1,740%     S&P 500 INDEX 1.224,580 +20,920 +1,740%     MIB 30 0,000 N/A N/A     NIKKEI 225 8.747,960 -75,290 -0.85%     Hang Seng Index 18.501,789 -256,021 -1.36%     DJ Euro Stoxx 50 2.355,480 +22,960 +0,980%     BOVESPA 55.030,449 +429,380 +0,790%     AEX 302,410 +5,020 +1,690%     All Ordinaries Index 4.269,000 -37,000 -0.86%     AMEX 555,949 +16,609 +3,080%     BEL20 2.203,040 +22,810 +1,050%     IPC 34.848,422 +263,672 +0,760%     Refresh a cada 5 minutos...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Colheita da laranja no Brasil chega a 80%

São Paulo - Agentes consultados pelo Centro de Estudo e Pesquisa em Economia Aplicada (Cepea) estimam que entre 70% e 80% da safra de laranja tenha sido colhida até o final de novembro, mas a moagem da fruta deve seguir até fevereiro. Como uma parte da fruta ainda a ser processada já está contratada, poucas fábricas têm feito novos contratos, e as negociações que são fechadas se dão com prazos de pagamento mais longos, mas são mantidos os preços mínimos acordados com o governo.

Em relação ao mercado in natura no Estado de São Paulo, produtores comentam que a disponibilidade de pêra tem diminuído, mas tem-se intensificado a colheita de variedades tardias, como laranja-natal e valência.

Neste cenário, conforme dados do Cepea, a média parcial da semana passada da laranja-pêra foi de R$ 9,36 a caixa de 40,8 kg na árvore, queda de 2,4% em relação à semana anterior. Já a valência foi cotada a R$ 8,37 a caixa; em novembro, a média foi de R$ 8,27 a caixa. No mercado de lima ácida tahiti, os preços têm recuado a cada semana, segundo levantamentos do Cepea. De segunda a quinta, a lima ácida tahiti teve média de R$ 23,54 a caixa de 27 kg, colhida, queda de 13% em relação à semana anterior.

Apesar do avanço da safra, o número de negócios de laranja com a indústria na modalidade spot captado pelo Cepea tem sido insuficiente para a elaboração de médias de preços que atendam aos critérios metodológicos das instituições.

Neste ano, muitas vendas para a indústria se baseiam no valor da Linha Especial de Crédito (LEC) acrescido de participação do preço internacional do suco - a ser definido no final da safra. Por esse motivo a tabela "Laranja Indústria" não tem sido atualizada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

8pt; text-decoration: none">